Trio é preso por vender bebida falsa em adega ambulante

33

Um trio de ambulantes foi preso na noite de quinta-feira (11/1), na orla de Itanhaém, no litoral sul de São Paulo, por vender bebidas falsificadas para turistas e moradores em veículo usado como adega ambulante. Segundo a Polícia Civil, os três homens também comercializavam lança-perfume e ecstasy.O suspeitos têm 21, 26 e 28 anos e usavam um furgão para vender as bebidas e as drogas. A adega ambulante contava com portas adesivadas com a imagem de um Tio Patinhas mal-encarado, em frente a uma série de notas de dólar, com uma garrafa de Jack Daniel’s e uma lata de Red Bull.A cidade de Itanhaém fica a 110 km da capital paulista e, durante o verão, é bastante procurada por turistas.Durante a abordagem, os investigadores encontraram 19 garrafas de destilados falsificados, oito garrafas de uísque vazias, um galão com 20 litros de lança-perfume e 249 comprimidos de ecstasy.Segundo a Polícia Civil, o trio foi preso pela falsificação dos produtos e também por tráfico de drogas. O caso foi registrado no 2º Distrito Policial de Itanhaém.