Traficantes tentam enganar cães farejadores embarcando droga em comida de cachorro

4

Agentes da 7ª Região Fiscal da Receita Federal apreenderam nesta sexta-feira (15) 600g de haxixe e 60 ml de extrato de THC (substância extraída da maconha) durante uma operação na área de processamento de encomendas internacionais do Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro.

O trabalho contou com a ajuda de cães farejadores, que não se deixaram enganar por um artifício usado pelos traficantes, que esconderam parte da droga em uma lata de comida para cachorro. Eles conseguiram localizar as substâncias.

As drogas, destinadas ao município do Rio de Janeiro, tinham como origem o estado da Califórnia, nos Estados Unidos, e estão avaliadas em R$ 5,5 mil. O material, localizado pela cadela Vamp e pelo cão Kavalo, foi encaminhado para a Polícia Federal.

A fêmea Vamp, um dos cães farejadores da Receita em ação — Foto: Divulgação/Receita Federal
Kavalo, o macho, também atuou na ação que resultou na apreensão das substâncias  — Foto: Divulgação/Receita Federal

Kavalo, o macho, também atuou na ação que resultou na apreensão das substâncias — Foto: Divulgação/Receita Federal