Sem respostas em app de mensagem, familiares encontram jovem de 19 anos morta dentro de casa

343

Karen Maria Zacarias, de 19 anos, foi encontrada morta com um tiro na cabeça dentro da própria casa, em Chapadão do Sul (MS), a 333 km de Campo Grande, na madrugada deste sábado (2). Conforme o boletim de ocorrência, o primo da vítima percebeu que ela não respondia as mensagens em um aplicativo e foi até o local e a encontrou já sem vida.

De imediato, a polícia foi acionada e isolou o local. A perícia constatou que a casa da vítima estava organizada, com as portas intactas e sem nenhum sinal de arrombamento. O corpo de Karen foi achado em um cômodo, aos fundos da casa, sobre um colchão.

“Foi possível identificar uma grande poça de sangue embaixo e ao lado da cabeça, uma aparente perfuração de projétil de arma de fogo na região da têmpora e ainda um projétil danificado”, detalha o registro.

À polícia, familiares da jovem disseram que Karen era ex-namorada de um traficante de Chapadão do Sul e que ele teria pedido ao primo da vítima para que fosse até ao local, “pois não estava recebendo respostas das mensagens que enviava”.

Tios da vítima, que moram próximo à casa que Karen foi encontrada morta, alegaram ter ouvido um barulho alto, possivelmente de disparo de arma de fogo, horas antes do corpo ser encontrado.

Após perícia no local, o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). O caso é investigado pela Delegacia de Polícia Civil, em Chapadão do Sul, inicialmente como “homicídio”.

Ainda de acordo com o BO, no celular de Karen, uma última troca de mensagem, com uma amiga, foi constatada às 21h52 do dia 1º de outubro. O g1 entrou em contato com a amiga da vítima, mas ela não comentou sobre o caso, pois ainda não prestou depoimento oficial à polícia.