Secretaria da Saúde de Rio Preto perdeu 36 profissionais ao longo da pandemia

16

São enfermeiros, médicos, psicólogos e fisioterapeutas, entre outros, que pediram exoneração dos quadros da pasta

Pediram para sair
A Secretaria de Saúde de Rio Preto perdeu 36 profissionais de saúde ao longo do período de pandemia de Covid-19. São enfermeiros, médicos, psicólogos e fisioterapeutas, entre outros, que pediram exoneração dos quadros da pasta entre os meses de abril de 2020 e junho deste ano.

Seis médicos
As maiores baixas foram médicos plantonistas (6 baixas), agentes administrativos (6), agentes de saúde (6), técnicos de enfermagem (5), e enfermeiros (5). Também pediram para sair da pasta psicólogo, fisioterapeuta, nutricionista, técnico de farmácia, psiquiatra, nutricionista e farmacêutico. As informações foram prestadas pela Secretaria de Saúde em resposta a questionamento feito pelo vereador João Paulo Rillo (Psol). Sobre os motivos, se em decorrência de estresse, medo da pandemia ou outra casa, a pasta disse que não poderia informar.

Não interessou
“Os pedidos de exoneração são solicitados pelos colaboradores no Programa Servidor Online e não há campo especifico para justificar a abertura do requerimento, sendo, portanto, uma dificuldade de identificar o motivo pelo o qual o servidor solicitou a exoneração”, diz o responsável pela gerência de pessoal da Saúde, João Paulo Gonçalves Silva.

DLNEWS