Mulher leva soco no nariz após xingar homem de macaco

27

DL News
Um caso de injúria racial terminou mal na tarde desta quarta-feira, 29, em Rio Preto.

Uma mulher de 36 anos foi socorrida com suspeita de fratura no nariz após chamar um homem de macaco.

O crime aconteceu no bairro Amizade.

A Guarda Municipal foi acionada por uma equipe do CRAS, que viu a vítima sendo agredida na rua.

Quando os agentes chegaram, se depararam com a dona de casa, de 36 anos, ensangüentada.

O agressor, que é um vendedor de 37 anos, estava próximo a ela e também foi abordado.

Questionado, ele afirmou que cobrou uma dívida da conhecida. Além de se recusar a pagar, ela ainda teria o xingado de macaco, fazendo referência à cor dele, que é negro.

O homem alega que nesse momento “perdeu a cabeça”.

A mulher, que negou o ato de racismo, foi levada para uma UPA da cidade e, até o término do registro do boletim de ocorrência, ainda aguardava o resultado de um exame de raio-x.

Ela será investigada por injúria racial e, o homem, por lesão corporal.