Mulher acusa filha de 17 anos de agredi-la por ter recusado buscá-la no trabalho em Rio Preto

20

Uma adolescente de 17 anos agrediu a mãe, de 36 anos, após ela ter se recusado a buscar a filha em seu trabalho. O caso aconteceu na tarde do último sábado, 16, na chácara onde as duas moram, na Estância Alvorada, região Norte de Rio Preto.

Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Civil, a mulher procurou o Plantão Policial informando que a filha chegou em casa “muito nervosa”, dando-lhe vários socos, chutes e puxões de cabelo, deixando a vítima com lesões no rosto.

A mulher teria afirmado à polícia que esta foi a primeira vez que a filha lhe agrediu. Ainda de acordo com o registro, a vítima relatou que no último sábado, também foi agredida com socos no rosto pelo ex-marido, que teria queimado seu braço com um papel em chamas, deixando lesões no antebraço direito.

A Polícia Civil orientou a mulher em relação ao direito de solicitação de Medida Protetiva. O caso foi registrado como Violência Doméstica e Lesão Corporal.

Outra versão

Por meio das redes sociais, a sobrinha da vítima negou à reportagem a versão contada pela tia à polícia. De acordo com ela, após dormir fora, deixando a adolescente sozinha, a mulher chegou em casa agredindo a filha e ameaçando-a de morte. A jovem, então, teria ligado imediatamente para o pai, que foi ajudá-la. A reportagem não conseguiu falar com a mulher.

FONTE: DIÁRIO DA REGIÃO