Motorista de Porsche que bateu em muro dirigia a 138 km/h

121

DL News
Um vídeo que circula em grupos de WhatsApp mostra a dinâmica do acidente ocorrido na madrugada desta quinta-feira, em que um Porsche bate no muro do condomínio Damha V.

A gravação é feita pelo passageiro do carro. No boletim de ocorrência, o empresário de 26 anos, que conduzia o veículo de luxo, confirma que estava acompanhado de um amigo no momento da batida.

O vídeo exibe o motorista curtindo música em alto volume e, em determinado momento, o celular capta o painel do veículo, cujo velocímetro marca 138 km/h.

A velocidade representa mais do que o dobro permitido na avenida Sebastião Tavares da Silva, que é de 60 km/h.

Em uma curva do trajeto, ele perde o controle da direção, sobe na calçada e derruba o muro.

A parte frontal do veículo, avaliado em R$ 300 mil, fica totalmente destruída.

Apesar da imprudência, os ocupantes não se feriram.

O empresário, que segundo guardas municipais apresentava sinais de embriaguez, se recusou a ceder sangue para análise de alcoolemia. Aos agentes, ele disse que voltava de uma festa.

Ele foi liberado após um médico legista ser acionado e atestar que o motorista estava alcoolizado, mas não embriagado.

Embora direção perigosa e dano sejam crimes, o delegado plantonista determinou que o boletim de ocorrência fosse registrado como não-criminal.