Idosa pede ajuda à Polícia Civil para tirar o filho de 47 anos de casa

23

DL News
Um ajudante de serralheiro, de 47 anos, será investigado por praticar violência psicológica contra a própria mãe, uma idosa de 79 anos.

A aposentada decidiu procurar a Polícia Civil nesta quinta-feira, 30, após desistir de pedir que o filho saia da casa dela, no bairro Vila Toninho.

Ela contou que há dois meses ele pediu para guardar pertences no imóvel, mas acabou se instalando definitivamente contra a vontade dela.

Desde então, se vê obrigada a esconder dinheiro e objetos de valor para que o homem não pegue.

Além de pouco ajudar nas despesas, o filho tem o hábito de sair e voltar durante a madrugada, obrigando a idosa a se levantar para abrir a porta para ele.

Recentemente, a família descobriu que ele contratou um plano de internet utilizando os dados da mãe. Claro, sem autorização dela.

O ajudante de serralheiro alega que tem direito à casa e faz chantagem emocional, dizendo que se sair dali, vai morar nas ruas.