Homem preso por matar outro em bar morre em presídio

259

O homem preso por matar outro em um bar de Potirendaba (SP), em março deste ano, morreu na última quinta-feira, (20/07/2023), no Centro de Progressão Penitenciária de São José do Rio Preto (SP). Ele era morador de Nova Aliança (SP).

Segundo o boletim de ocorrência, José Manoel Costa Junior, de 53 anos, deu entrada na enfermaria da unidade prisional no dia 19/07, com quadro inicial de conjuntivite, mas piorou antes de ser transferido para o Hospital de Base de Rio Preto. Ele estava apático, desacordado e com quadro de hipoglicemia, onde acabou morrendo ainda no próprio presídio.

O caso foi registrado como ‘morte suspeita’ e será investigado. O corpo de José foi enterrado às 17h30 desta última sexta-feira, (21/07), no cemitério de Nova Aliança (SP).

Conforme a Gazeta mostrou, José Manoel estava preso desde o dia do crime, no dia 29 de março, quando matou Adenildo Carvalho Brandão, de 40 anos, com três tiros, no bairro São Francisco. Ele confessou que estava no estabelecimento e teria sido provocado pela vítima.

Irritado, José conta que foi até sua casa, em Nova Aliança, pegou a arma, um revólver calibre 38, e voltou ao local, onde acabou matando Adenildo. Dois dos disparos acertaram uma máquina de música e também a parede do estabelecimento. Outras pessoas, que estavam no local, não se feriram.

Após cometer o crime José acabou fugindo, mas foi preso em uma propriedade rural de Guapiaçu, ainda no mesmo dia.