Homem descobre que irmão deu o nome dele quando foi preso

11

DL News
Pensando em melhorar de vida, um gerente, de 32 anos, tentou efetivar a matrícula em uma faculdade online e tomou um susto: o nome dele estava envolvido em três boletins de ocorrência por furto. Todos registrados neste ano.

O irmão dele, que é dependente químico, deu o nome da vítima quando foi preso em flagrante – por furto de chocolate e picanha em um supermercado. Em outros dois boletins de ocorrência, registrados posteriormente, o homem foi qualificado como investigado em crimes da mesma natureza.

Para tentar esclarecer a confusão, a vítima compareceu à Central de Flagrantes nesta quinta-feira, 14, apresentou os documentos pessoais e identificou formalmente o irmão, fornecendo à Polícia Civil o número do CPF do criminoso.

O caso foi registrado como falsa identidade.