Golpistas tentam comprar máquinas com documentos falsos em Rio Preto

8

DL News
Dois golpistas de Minas Gerais foram presos em Rio Preto após tentarem adquirir máquinas e ferramentas utilizando documentos falsos.

A Polícia Militar foi acionada por funcionários da Casa das Mangueiras, que já tinham sido alertados sobre a presença de dois clientes suspeitos em outras lojas do mesmo ramo.

Eles foram abordados ainda dentro do estabelecimento, enquanto tentavam abrir cadastro.

Um deles, de 23 anos, apresentou um RG aos policiais em nome de Josuelson. Quando a equipe constatou que o documento tinha indícios de falsificação, ele tomou a identidade da mão do agente, tentou rasgá-la e correu, mas foi perseguido e algemado.

Na loja, ele e o comparsa, de 26 anos, tentavam comprar duas máquinas de solda mig.

Foi apurado que a dupla esteve antes em duas outras lojas: na Eletrofer, onde tentou adquirir duas máquinas de solda, uma parafusadeira e um rompedor. E também na Jomafi, de onde pretendiam levar quatro máquinas não especificadas e um nivelador a laser. Nos dois casos os cartões utilizados por eles não aprovaram a compra.

Questionado, o suspeito que portava o documento falso negou que estivesse tentando aplicar golpes. Ele justificou que só não queria declarar imposto. Porém, no carro dele foram apreendidos cartões sem identificação ou em nome de outras pessoas.

O comparsa, que alegou estar apenas acompanhando o amigo, foi desmentido pelos funcionários que afirmaram que ele participou do engodo.

Para visitar as lojas e passar uma boa impressão, a dupla, que é de Uberaba, alugou um Corolla.

Eles foram presos por tentativa de estelionato, resistência e uso de documento falso.