Estuprada pelo padrasto, adolescente de 12 anos dá à luz na região

206

A Polícia Civil vai investigar um caso de estupro contra uma adolescente de 12 anos que deu à luz após ter sido estuprada pelo padrasto, em Altair (SP). 

De acordo com a polícia, a vítima tinha escondido a gravidez dos familiares. Ontem (31), ela começou a passar mal – o bebê nasceu dentro do banheiro. 

A adolescente foi levada por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) até a Unidade Pronto Atendimento (UPA) de Olímpia (SP). No local, ela contou aos médicos que estava sendo estuprada pelo padrasto por mais de um ano. 

O homem está preso à disposição da Justiça de Barretos (SP). Mãe e filho foram transferidos para a Santa Casa de Olímpia, onde permanecem internado