Com fome e feridas, dois cães vítimas de maus-tratos são resgatados. Imagens fortes

7

Passando fome e com feridas pelo corpo e os olhos, dois cães da raça pit-bull sofriam maus-tratos em Águas Lindas de Goiás (GO), município do Entorno do Distrito Federal. Os animais foram resgatados pela Polícia Civil de Goiás (PCGO), na noite de quinta-feira (14/10).

Imagens fortes:

Segundo as investigações, na residência, os dois cachorros sobreviviam em estado deplorável. Estavam sem água e comida e em ambiente com muito lixo.

Os animais foram retirados do local e encaminhados para atendimento veterinário por meio da ONG Projeto Adoção São Francisco.

A advogada de direito animal Ana Paula de Vasconcelos explica que os casos de maus-tratos têm sido cada vez mais cruéis e absurdos. “Mas graças à conscientização da população esses crimes não ficam mais sem punição”, pontuou.

Izar e Roberto

Depois dos resgate, os cães foram rebatizados. O cachorro marrom agora é chamado de Izar e o branco é conhecido como Roberto.

O estado de saúde de Izar é considerado muito ruim. Ele inclusive deverá passar por uma transfusão de sangue. O pet está com ferimento no olho.

“Foi um machucado que virou bicheira e comeu todo o rosto. Ele chora de dor. Está pesando 12 quilos. É inimaginável para um pit-bull, que deveria pesar 30 quilos”, explicou.

A situação do outro cachorro ainda está em avaliação e depende do resultado de diagnósticos. “Para o Roberto o problema é fome. E ele tem uma cicatriz grande nas costas que parece queimadura”, contou Ana Paula.

Serviço:

Quem quiser ajudar os animais, oferecer um lar temporário ou até mesmo adotá-los pode entrar em contato com a ONG Projeto Adoção São Francisco pelo número: (61) 98215-4751.