Casal de idosos tem aposentadoria furtada por desconhecido

17

DL News
Um homem será investigado por se apropriar da aposentadoria de um casal de idosos que mora no bairro Vila Toninho. Sem familiares na cidade, as vítimas, um homem cadeirante e uma mulher acamada, dependem do conhecido para sacar o benefício para eles.

Quem denunciou o caso foi a filha do idoso, que viajou de Uberlândia para Rio Preto após receber o contato telefônico de uma assistente social da cidade.

A profissional informou que o pai dela e a madrasta estavam vivendo em situação de abandono.

Ao chegar na residência, a mulher se deparou com o pai bastante debilitado e a esposa dele acamada, possivelmente em razão da falta de alimentação adequada.

A casa estava suja, desorganizada e insalubre.

O idoso confirmou que um conhecido, chamado “Beto”, fica com a aposentadoria da companheira. Mas alegou que saca o próprio benefício pessoalmente em uma lotérica.

A assistente social se recusou a participar da visita junto com a filha sob a alegação de que o tal Beto é um homem nervoso e agressivo.

Apesar da situação deplorável, o aposentado implorou que a filha não os coloquem em um asilo.

O caso será investigado pela Delegacia de Defesa do Idoso.